Tuesday, 29 October 2013

Pain in my neck


As brincadeiras entre mim e o menino têm tendência a acabar mal... sinceramente? Como qualquer brincadeira, entre mim e outra pessoa qualquer. Já era assim com a minha mana, o meu pai, a minha mãe, os meus amigos, que fará então com este monstrinho. No passado fim de semana fez de tudo para me forçar a cheirar as suas meias que deus me livre como ainda fiquei consciente não sei, mas que não foi um brincadeira lá muito bonita lá isso não foi. Luta aqui, luta ali, puxa camisolas, dar encontrões e pontapés não valeu de NADA! A única coisa em que resultou foi numa valente dor de pescoço. E não sei porque dura há tanto tempo... mas que dói lá isso, dói e não é pouco. Já apliquei Rheumon Gel, já apliquei spray, já recebi massagem do culpado e mesmo assim não há meio de passar. Sugestões? Pois eu já desisti.

Sunday, 27 October 2013

What bad weather ?

Disseram os entendidos que era previsível muito mau tempo para o fim-de-semana, grandes tempestades, muita chuva e muito vento. Well, yeah right! Hoje acordei por volta das 8h30 da manhã tal era a intensidade do brilho do Sol. Nada contra pois gosto bem desta luzinha, mas para quem disse que ia chover, bem que se enganou redondamente. Concordo sim com a parte do vento, está uma ventania lá fora que não se pode. Concordo também que vai fazer bastante chuva lá fora... pois à força do vento que está, está a ameaçar. No entanto está um dia agradável e só dá vontade de ir passear. Ao invés disso sabem o que se faz por aqui? Vê-se séries e filmes, escrevem-se cartas na companhia de um cafézinho. E querem melhor? Descansa-se que também é preciso! Dizem os entendidos que amanhã vai chover torrencialmente... Aí já sou capaz de acreditar. Afinal é segunda feira, dia de trabalho, dia de acordar cedo, dia de sair de casa. Claro que o clima entendendo-me bem só poderá estar contra mim. Mas bem até ao momento tenho tido um fim de semana maravilhoso! Finalmente, como já não tinha há imenso tempo. Bom Domingo para vocês também.

Me and phones calls


Eu e os telefones não somos compatíveis. Odeio telefones. Odeio invasão de privacidade. Odeio telefonemas de estranhos (números desconhecidos). Até aqui tudo bem não fosse o meu trabalho exigir um pouco dessa paciência. Não é fundamental atenção, pois não sou recepcionista, mas foi para isso que me candidatei e se na altura estava determinada a seguir esse caminho, agora não deveria ser muito diferente. Mas É. Pessoalmente tenho um problema com telefonemas, simplesmente entro em pânico. É estúpido e absurdo, pois claro que é, mas sou assim... que se há-de fazer. No entanto sinto que estou a melhorar! Tenho o apoio necessário no trabalho (é verdade, são extremamente cuidadosos nesse aspecto), tenho o à vontade necessário, e a coragem por vezes falta mas não tarda. Mas isto a propósito de quê? No outro dia atendi uma chamada, julgo eu de um cliente mas não entendi NADA. Ou porque a conexão era péssima, ou porque estava dentro do carro e o ruído era mais que muito, ora o tipo era chinês. Opá, não sei.... só sei que não entendi nada e de um momento para o outro, depois de perguntar várias vezes para o que era e quem falava, fui deixada em stand-by, ou a ligação foi interrompido. Não sei... só sei que muito discretamente, pousei o telefone... e então eis que um telefonema no trabalho, pela primeira vez me corre mal. Ora bem... senti-me que nem um tomate obviamente. Será só a mim que isto me acontece? Haverá mais alguém com pânico por telefonemas de estranhos?

Saturday, 26 October 2013

HJ Story



Conheçam o Joo, o rapazinho que se apaixonou. Conheçam a Kate, a rapariga que o fez apaixonar-se.
Este individuo retrata (não diariamente pois é praticamente impossível) semanalmente um episódio da vida deles em conjunto. Sinceramente? Gostava de poder fazer o mesmo, mas o meu talento é mais 'reservado' (yeah right, chama-lhe reservado). Não concordo quando ele menciona que esta é a história de Kate, para mim é a história de amor entre os dois e é isso que faz valer a pena. Acho a sua forma artística de demonstrar o seu verdadeiro amor, simples, less-problematic mas acima de tudo fofinha. Gosto da forma como é apresentado todo e qualquer episódio, é tão real que é impossível acontecer apenas com eles. Cada vez mais eu própria me identifico com muitas ocasiões. Enfim, isto para concluir que realmente adoro a forma como interpreta a sua relação e adoro a sua arte. Gosto :)

Why a new beginning?

Bem... tudo começou há seis anos atrás, quando o mundo virtual era novo para mim. Na verdade o mundo virtual não era novo para mim, mas sim o mundo dos blog's. Esse sim era um mundo imenso e grandioso. Aqui a menina tinha medo de se aventurar sozinha... mas com alguma coragem e determinação lá criou o *Real Dreams* um cantinho que vai deixar muita saudade... especialmente à autora. O *Real Dreams* cresceu muito quer a nível confiança e interpretação, quer a nível de amizades. No entanto como tudo é preciso começar-se do pequenino, e o *Real Dreams* quando não conhecia ninguém foi partilhado com a família mais chegada. Grande erro.... GRANDE ERRO! Especialmente se a família não saber destingir entre o ler por curiosidade e o ler de perseguição. Assim sendo... dado que não posso ser completamente honesta lá tive de criar um novo re-começo. Senti que não podia mais ser olhada por várias pessoas e sentir que não vos dizia tudo. Especialmente quando perguntavam o porquê e não me era permitido responder pois alguém da família estava lá para ver.... para ler.... tirar as suas conclusões e depois atirar-me em cara seja o que for. Não estou mais para isso. Custa... sei que me irá custar bastante esta adaptação a uma nova "personagem", mas prefiro assim e ter liberdade para dizer o que bem entender. Do que não o ter de tudo. E ainda assim confesso que me sinto um pouco reticente começar assim. Tenho medo do que possa vir, e especialmente tenho medo de perseguições. É algo para me deixar preocupada. No entanto aqui começo novamente a continuação de uma etapa da minha vida. E meninas.... como me sinto livre (em certa medida). Obrigada por se juntarem mais uma vez a mim.

PS: Já reparei que algumas meninas estão a seguir o blog errado. Isto é, podem seguir aquele que quiserem, mas este é português o outro é inteiramente inglês :) Mais uma vez OBRIGADA.

Friday, 25 October 2013

Lightning


Sou realmente uma medricas no que toca a relâmpagos. Gostava de pensar que não me afecta mas à minima luzinha viro logo a cara para confirmar o inevitável... e claro estremeço com a sua força e o seu ruído. Hoje está assim um dia cinzento e deveras assustador. Claramente ainda se nota que é de dia, pois há claridade no ar... mas as nuvens cinzentos são de tal ordem tão escuras que até metem medo ao susto. Hoje já presenciei um dito cujo (relâmpago)... a reacção foi tal e qual a anterior descrita e por mais que me tranquilize e me obrigue a não reagir assim, é mais forte do que eu. Cheira-me que vai ser uma noite turbulenta. E um fim de semana de grande tempestade (pelo menos é o que prevêem). Apesar de tudo está um calor abafado. Bom fim  de semana.

Thursday, 24 October 2013

Hi All


Olá pessoal!
Eu não queria ter de fazer isto... fugir do meu próprio ninho. Mas não me deixaram outra hipótese. Fui invadida pela curiosidade, quando no fundo só queria uma vida normal. Decidi assim deixar o meu anterior cantinho com muita pena minha e seguir em frente. Criar novos laços, não deixando claro os laços anteriores criados cair no esquecimento. Esses serão sempre aqueles que ficarão no meu coração. O inicio de tudo. O fim de um novo Capitulo e o recomeço de uma continuação. Espero que aqueles que me acompanhavam me continuem a acompanhar. Darei conhecimento um a um da existência deste pequeno cantinho, mas nunca farei publicidade dele. Mais tarde posso explicar o porque desta acção. Agora fico-me por aqui.

Powered by Blogger.

Contact us

anna.21.marian@gmail.com