Sunday, 27 October 2013

Me and phones calls


Eu e os telefones não somos compatíveis. Odeio telefones. Odeio invasão de privacidade. Odeio telefonemas de estranhos (números desconhecidos). Até aqui tudo bem não fosse o meu trabalho exigir um pouco dessa paciência. Não é fundamental atenção, pois não sou recepcionista, mas foi para isso que me candidatei e se na altura estava determinada a seguir esse caminho, agora não deveria ser muito diferente. Mas É. Pessoalmente tenho um problema com telefonemas, simplesmente entro em pânico. É estúpido e absurdo, pois claro que é, mas sou assim... que se há-de fazer. No entanto sinto que estou a melhorar! Tenho o apoio necessário no trabalho (é verdade, são extremamente cuidadosos nesse aspecto), tenho o à vontade necessário, e a coragem por vezes falta mas não tarda. Mas isto a propósito de quê? No outro dia atendi uma chamada, julgo eu de um cliente mas não entendi NADA. Ou porque a conexão era péssima, ou porque estava dentro do carro e o ruído era mais que muito, ora o tipo era chinês. Opá, não sei.... só sei que não entendi nada e de um momento para o outro, depois de perguntar várias vezes para o que era e quem falava, fui deixada em stand-by, ou a ligação foi interrompido. Não sei... só sei que muito discretamente, pousei o telefone... e então eis que um telefonema no trabalho, pela primeira vez me corre mal. Ora bem... senti-me que nem um tomate obviamente. Será só a mim que isto me acontece? Haverá mais alguém com pânico por telefonemas de estranhos?

10 comments:

  1. eu não gosto muito de falar ao telemovel com as pessoas pela priemira vez :)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Eu não gosto de falar de todo!! Simplesmente entro em pânico e ignoro... :(

      Delete
  2. Eu não sou muito de falar ao telemóvel. Não sei porquê, mas não acho muita piada. Apesar de achar o telemóvel uma coisa importante, odeio ter que estar "agarrada" a ele como se toda a minha vida dependesse de um simples objeto.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Confesso que é sim algo importante... mas até isso me incomoda. Por norma já não sou grande fã de telemóvel/ telefones... mas o facto de receber chamadas ou ter de ligar a alguém que não conheço é algo para me deixar nervosa. Sou maluca bem sim :)

      Delete
  3. Eu nunca atendo números anónimos :)

    ReplyDelete
  4. Porque não és honesta com quem está do outro lado? Quando atendes um telefonema e não entendes nada ou então o ruído é muito, porque não respondes algo como, tenho dificuldades em entendê-lo ou não o estou a ouvir muito bem, importa-se de falar mais alto por favor. Houve uma vez que eu atendi um telefonema em que a pessoa do lado de lá se atrapalhou toda e eu ri-me da situação tornando-a no fundo mais engraçada que dramática, deixando a pessoa o mais à vontade possível. Ou vice-versa, em que me atrapalho eu e peço desculpas/ para serem compreensivos e as coisas resolvem-se :) Tenho a certeza que isso é uma fase que facilmente consegues ultrapassar. Força, tu consegues pequena!

    ReplyDelete
    Replies
    1. E eu perguntei! Oh bida, não sabes a quantidade de vezes que realmente perguntei, até ter sido deixada pendurada (literalmente). Acho que a pessoa em questão de facto fartou-se de se tentar explicar. Nada contra. Mas que me senti mal... lá isso, senti-me :( Obrigada pela o apoio :) Beijinho xxx

      Delete
  5. Não entro em pânico mas não gosto de falar ao telemóvel. E já trabalhei como entrevistadora por telefone, lolol. Em contexto de trabalho não me importava, gostava dos projectos que tinha em mãos, mas pessoalmente não gosto de conversas longas por telefone, gosto tudo cara-a-cara-

    Bjokas.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Já somos duas. Em tempos era pessoa de mensagens, hoje em dia acho que se não for tudo dito cara a cara parece que não há compreensão por parte das pessoas. Mas telemóveis/telefones são coisa realmente que me incomoda.

      Delete

✿ Comentários ✿

Powered by Blogger.

Contact us

anna.21.marian@gmail.com