Tuesday, 14 January 2014

Social life

Confesso que sou uma pessoa estranha no que toca à vida social. Tenho 22 anos, quase 23 e não gosto de noitadas ou de álcool. Não é que não goste, mas não sou grande apreciadora. Gosto sim de um bom passeio no parque, ou cinema, ou uma boa conversa acompanhado de um café quentinho... são coisas mais simples que aprecio. No entanto uma vez por outra uma saída à noite, para a borga como aconteceu no dia de jantar de Natal lá da empresa também sabe bem. Mas o facto de ser mais introvertida do que extrovertida, faz-me um ser muito complicado. As horas de trabalho são extraordinárias, mantêm-me ocupada bem como a minha cabeça! Pelo que os problemas são praticamente nenhuns... mas depois do trabalho a história é outra. Está bem que não são assim tantas horas até a hora de me deitar, mas são as suficientes para me deixarem a pensar em coisas que não devia e para criar problemas onde eles não existem. Pelo que resolvi, o menino também é dessa opinião, tornar-me mais social. Ultimamente eu e o menino temos passado horas a fio, a partilhar os nossos dias, o nosso trabalho, as nossas risotas... tal como no inicio da nossa relação, onde tudo era uma novidade e só queríamos o nosso tempo juntos. Sabe bem quando falamos e falamos e perdemos a noção da hora. Recordo-me de no Sábado à noite estar tão entusiasmada a falar sobre o meu trabalho e ele a dar-me as suas dicas que nos perdemos na conversa até à meia noite! Escusado será dizer que só por volta dessa hora é que comemos. No passado Domingo resolvi encontrar-me também com uma colega de já há algum tempo! Falei sobre os meus "problemas" e ela também partilhou os seus. Já combinamos que todos os fins-de-semana (sempre que pudermos claro) estaremos juntas nem que seja para pôr a conversa em dia, fazer croché, crafts ou a tomar conta da bebé dela! Já a convidei também para passar cá por casa para jantar connosco, será complicado disse-me ela, mas está prometido! Não podia ter ficado mais contente, logo agora que os meus dotes culinários estão a progredir!! Também já combinei ir ter com uma amiga portuguesa a outra parte de Inglaterra, passar lá talvez um fim de semana... que bem que sabia, sair da rotina e visitar aquele sitio pacato e maravilhoso. E mais ainda está para vir ou assim pretendo. Mais uma das coisas que pretendo evoluir neste ano de 2014.

30 comments:

  1. Sou um bocadinho como tu, também não gosto muito de noitadas nem de estar com muita gente ao mesmo tempo. Gosto do sossego e num sitio pacato onde possa conversar. No entanto, às vezes (uma vez por mês se tanto) gosto de sair, beber um copo e dançar até os pés começarem a queixar-se das dores :)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Compreensível Minimi :) A rotina por vezes cansa e sabe bem mudar de ares. Contudo o que é demais enjoa na minha opinião... por esse mesmo motivo sou pessoa de poucas saídas. Beijinho xx

      Delete
  2. Eu também prefiro um jantarzinho caseiro com os amigos do que noitadas :)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Sempre dá para por a conversa em dia :) Beijinho xx

      Delete
  3. Não é nada estranha, estranha porquê? por não gostar de noitadas? Eu tenho 40 anos e nunca gostei muito, saí à noite mas muito pouco comparativamente aos meus amigos, sempre preferi fazer outras coisas, faz parte, são gostos.
    Agora, siga sempre o coração e não mude só para agradar !
    Um grande beijinho

    ReplyDelete
    Replies
    1. Não mudo não senhora :) só o faço porque sinto que é algo que faz parte de mim... noitadas não... mas saídas com amigos, divertir-me sim... não gosto de solidão embora seja uma pessoa muito solitária. Aparento ser algo que não sou e depois padeço com isso... pelo que quero mudar mas apenas por essa simples razão :) Beijinho xx

      Delete
  4. e fazes tu muito bem :)
    Depende sempre de nós ser e fazer diferente... quando não estamos felizes só nós podemos mudar algo :)
    Força nisso :)

    Beijinhooooooooooooooo

    ReplyDelete
    Replies
    1. É verdade minha querida Maria e bem o sabes ! :) Beijinho no coração xxx

      Delete
  5. Percebo-te bem no que toca às saídas e às bebidas, sempre fui a unica do meu grupo de amigos que não tocava no alcool, das poucas que nunca fumou... mas felizmente tive amigos que nunca implicaram comigo por isso =) agora saídas à noite são poucas ou nenhumas e às vezes sinto mesmo a falta do convivio, por isso agora que estamos numa casa nova já combinámos com alguns amigos que tinham de vir cá fazer uma visita e assim vamos conviver mais um bocadinho com outras pessoas =)

    ReplyDelete
    Replies
    1. É isso Caqui. Como me sinto estranha num mundo diferente há sempre aquele receio de fazer as coisas e acabamos por ser deixados de parte... não por querer, mas porque somos diferentes... pelo que quero mostrar ao mundo que também quero e gosto da companhia dele :) Beijinho linda xx

      Delete
  6. Não temos de ser todos iguais... ;)

    Ssónia
    Taras e Manias

    ReplyDelete
    Replies
    1. Verdade sim senhora :) mas tenciono fazer algo para eliminar certas e determinadas atitudes infantis. Manter-me social e ocupada é apenas e só um beneficio diria eu :) Beijinho xxx

      Delete
  7. As borgas, como dizes, também são parte da vida, da alegria de viver. Com ou sem álcool (de preferência moderadamente), sabe bem uma noitada com os amigos....


    Beijinho

    ReplyDelete
    Replies
    1. Verdade JP, confesso que aquela noite que tão bem vou recordar foi deveras diferente mas agradável... e uma vez por outra sabe bem. Beijinho xx

      Delete
  8. Não precisas de ir para a noite, mas às vezes um café para apanhar ar fresco sabe mais do que bem!

    ReplyDelete
    Replies
    1. Sem dúvida minha querida, e são essas saídas que pretendo :) Beijinho xx

      Delete
  9. Também sou assim, prefiro passar uma horinhas num café a por a conversa em dia do que a passar uma noite numa discoteca. E faz-me muito melhor isso, dá para rir, desabar, pedir conselhos, tirar a cabeça do stress do dia a dia. Acho que é um bom começo para 2014 teres mais dessas iniciativas. Só te fazem bem a ti e também à tua relação.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Sem dúvida Ana D. Fazem bem quer a mim quer à minha relação disso não tenho tido dúvidas. Está à prova de todos. Agora pretendo é conhecer gente nova. Sempre que possível, que é para não chatear sempre os mesmos eheheh. Beijinho xx

      Delete
  10. Noitadas ou cafézinho tudo depende da companhia...não tem nada de estranho.

    Beijinho e boas saídas, seja para onde for :)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Obrigada maria :) sem dúvida.. mas há quem ache estranho para a minha idade. Beijinho e obrigada pela visita xx

      Delete
  11. Olá

    Cada um é como é, e deve fazer aquilo que o faz sentir-se bem. Para mim o mais importante é, independentemente da actividade, estar com pessoas que me são queridas.

    Beijinho

    ReplyDelete
    Replies
    1. Exacto Canca, mas dado que estou muito longe das pessoas que me são queridas, tenho de começar por algum lado neste país que me já foi estranho... pelo que socializar é o remédio ;) Beijinho xx

      Delete
  12. Eu dou muito mais valor a um jantar em casa com amigos do que a uma noite de borga...
    Devo estar velha ;)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Já somos duas! Sabe tão melhor :) ahahah estás nada velha ! ;) És um mimo em pessoa. Beijinho querida xx

      Delete
  13. Nada disso faz de ti estranha...faz de ti...alguém com personalidade. Mantêm-te assim...só tem vantagens...mesmo que na altura não pareça. Mas porquê ser uma ovelha quando se pode ser um lobo? =)

    ReplyDelete
    Replies
    1. Sempre senti que fazer as coisas sozinha é muito aborrecido pelo que acabo por me deixar ficar por casa... e nem sempre faço algo de especial. Sair de casa e conviver com as pessoas parece-me uma excelente oportunidade para ocupar o meu tempo livre com coisas mais significativas. Gosto de ser o "lobo" sem dúvida, mas por vezes sinto falta da companhia de algumas ovelhinhas ;) Não fosse eu carneiro ! eheh Beijinho e obrigada pela visita Nada :) xx

      Delete
  14. Eu também fujo um bocado à regra no que toca a vida social, tal como tu não gosto de noitadas nem de muitas loucuras. Na maioria do tempo gosto de estar sozinha do que acompanhada porque as pessoas dão trabalho e eu não preciso de ainda mais conflitos na minha vida, ahahah
    Mas às vezes também me sinto assim como tu, penso que devia aproximar-me mais das pessoas que valem realmente a pena e espero trabalhar nisso este ano :)

    beijinhos *
    eighteen and a life

    ReplyDelete
    Replies
    1. Quanto mais não seja, para nos permitir perceber que não estamos sozinhos no mundo quando os problemas, as coisas acontecem. Para sabermos que podemos contar com x e com y quando um dia precisarmos... No fundo quero sentir falta e ser sentida. Enfim ! :) Lamechices é o que é Sara :) Beijinho e obrigada pela visita xx

      Delete
  15. Nunca gostei de ambientes como discotecas: espaços fechados com muita gente e música em altos berros. Sou como tu, prefiro passear, ir ao café/bar, cinema ... algo mais calmo e que dê para falar.

    ReplyDelete
    Replies
    1. Um ambiente que dê a possibilidade de partilhar e conhecer. Não aprecio mas de vez enquanto abanar o capacete também não faz mal :) Beijinho querida xx

      Delete

✿ Comentários ✿

Powered by Blogger.

Contact us

anna.21.marian@gmail.com