Sunday, 3 May 2015

The weight of decisions

Ha' (quase) 3 anos atras eu vim para Inglaterra com uma visao completamente imatura do que e' a realidade de vida. Ao fim de 6 meses de estar com o meu companheiro, o factor trabalho era algo que nao me dizia nada. Talvez porque vinha habituada a que tudo fosse feito por mim. Hoje passados sensivelmente 3 anos de ca' estar nao consigo ver as coisas dessa forma. Muito pelo contrario, desespero se as coisas nao estiverem estaveis.  Depois de bastante tempo a pensar no assunto ponderei se haveria de escrever sobre isto ou nao, mas a verdade e' que sendo ela uma boa ou ma fase da minha vida, e' a minha vida. Pelo que aqui partilho com voces noticias menos boas, na passada sexta feira exactamente ao meio dia foi-me comunicado que devido a questoes financeiras a Lonestar ja' nao precisaria mais dos meus servicos como trabalhadora. E como tal assim acabou. Acabou digamos que para mim uma vida entre amigos e familia. Roubaram-me pessoas especiais que de outra forma garanto-vos que nao vao existir, porque a vida e' assim mesmo. Nao quero fazer disto um grande drama, mas a verdade e' que antes de conseguir adormecer ainda vou para a cama com certos pensamentos na cabeca "mas, e o trabalho que tenho de enviar na terca?", "e agora que comecei a contactar os clientes sozinha, que vao pensar eles de mim", " e nem me despedi das pessoas com quem trabalhava diariamente".... a verdade e' que inevitavelmente perco-me em pensamentos e nao consigo evitar as lagrimas. Era ali, na Lonestar que julgava passar bons anos da minha vida, ate' conseguir poupar dinheiro suficiente para me sustentar bem para que no fim coisas como estas nao tivessem um grande impacto em mim. E e' isto...A verdade e' que nao irei descansar enquanto nao arranjar outra coisa entretanto, qualquer coisa.

3 comments:

  1. Imagino que te sintas mal. Eu estaria assim no teu lugar. Mas daqui a uns tempos, que agora parece que não vão acontecer, podes pensar que foi o melhor que te podia ter acontecido.

    ReplyDelete
  2. boa sorte, e agora principalmente força :)

    ReplyDelete
  3. Ohh minha querida, lamento! Infelizmente estas coisas acontecem aos melhores.
    Não desesperes por favor e quem sabe este trajecto vai encaminhar-te para algo ainda melhor.
    Apesar de ser difícil e doloroso tenta não te ires abaixo, agora precisas de forças para procurar outra coisa.
    Um beijinho muito grande e muita sorte na procura.

    ReplyDelete

✿ Comentários ✿

Powered by Blogger.

Contact us

anna.21.marian@gmail.com