Wednesday, 22 July 2015

A sad end?

Ha coisa de uma hora e tal, encontrei uma pagina no instagram. Sim, se me perguntam tambem eu ando viciada naquilo. Para vos ser sincera nao me lembro muito bem de como a encontrei, mas encontrei-a e a seguinte frase na sua descricao prendeu-me 'aquela entidade. "Currently mourning the loss of my husband. Please be patient as I grieve...". Nao foi ha muito tempo que a criadora desta pagina perdeu o seu "marido" nao de papel, mas de coracao e alma. Nao demorou muito ate me identificar minimamente com a mesma e comecar a chorar. A cada sentimento partilhado, a cada agonia, a cada desmotivacao, uma lagrima escorria. Chorei muito, muito mesmo. Nao tenho vergonha de o admitir. No entanto nao tenho orgulho em assumir esta minha fraqueza, pois se tivesse possibilidade de escolha optaria decididamente por um futuro longo e velho ao lado de quem amo para todo o sempre! Mas ao contrario da autora da mensagem acima indicada, eu sei aquilo que me espera. Sei que nunca vou puder casar com ele ou ter filhos com ele, nao que nao esteja na nossa mente e nao que nao o desejemos com todas as nossas forcas. No entanto a vida e' cruel e injusta. E a nossa diferenca de idades bem como a sua saude limitada nao ajuda em nada a concretizacao dos nossos desejos. Muitas vezes dou comigo a pensar.... a desejar que a minha vez chegue primeiro para que assim eu nao tenha que sofrer tal agonia, tal dor. Para nao pensar se quer em por fim ha minha vida por ele. Porque sinceramente nao acredito que terei forcas o suficiente para ser um mulher forte e corajosa como a Mayra (a autora da pagina acima indicada). Um dia, se esse dia cheguer desejo nao me encontrar sozinha, desejo chorar o que tiver de chorar e sorrir por ter tido a sorte de ter uma vida ao lado dele. Nao e' sempre que tenho momentos destes, em que penso bem naquilo que me aguarda. Na maioria das vezes estou ocupada ou a trabalhar ou a manter a mente ocupada, pois recuso-me a arruinir a felicidade do presente com a tristeza do futuro. Mas as vezes, quando por coincidencia encontro e leio coisas destas, nao consigo evitar se nao pensar no meu proprio caso. As vezes quando nos olhamos nos olhos ele e' o primeiro a olhar-me nos olhos e a partilhar uma lagrima comigo. De pena. E nao, eu nao tenho vergonha de dize-lo. Ele tem pena, pena de um dia "me ver" sozinha sem ele... De me imaginar em tal dor. Mas eu, armada em forte (porque e' isso mesmo, apenas e so uma mascara) sou a primeira a dizer "nada disso" e limpo-lhe logo as lagrimas que teimam em cair. E e' assim. Assim se encontra o meu estado de espirito neste preciso momento.
Currently mourning the loss of my husband. Please be patient as I grieve. - See more at: http://iconosquare.com/viewer.php?ti=1821017077#/user/34552686/

2 comments:

  1. Identifico-me um bocadinho com o que descreves, mas não serve de nada sofrer por antecipação. Ninguém sabe o dia de amanhã e o hoje é que importa. E apesar de tudo quero que saibas e que acredites em algo que te vou dizer... "nunca estamos sozinhos".
    Beijinhos minha querida.

    ReplyDelete
    Replies
    1. E's um amor minha querida Maria, e agarro-me a essas palavras com todas as minhas forcas para que o futuro nao pareca aos meus olhos tao dramatico. Um beijinho enorme <3

      Delete

✿ Comentários ✿

Powered by Blogger.

Contact us

anna.21.marian@gmail.com